segunda-feira, agosto 24, 2009

Construindo Uma Ponta de Prova Lógica

Uma ponta de prova lógica é um instrumento para medir o nível lógico (zero ou um) de um ponto de um circuito digital. Eu achava que não era muito útil, até sentir falta de uma quando fui depurar o meu Lunar Lander.

Encontrei na internet vários circuitos para montar uma ponta lógica; eu acabei selecionando este circuito de William Swanson, pela promessa de distinguir pontos desconectados. Os outros circuitos que examinei eram baseados em portas lógicas; este utiliza um amplificador operacional TL082.

O circuito é bastante simples e os componentes podem ser encontrados facilmente por alguns poucos reais. A parte desafiadora está em fazer um montagem compacta. No meu caso, decidi montar o circuito dentro de uma canetas que ganhei de brinde em algum evento. A foto abaixo mostra as peças utilizadas:

O primeiro passo foi desmontar a caneta:

Resolvi montar o circuito em tiras de plástico, cortadas de um cartão. Estas tiras encaixam nas partes de cima da caneta. O CI (com as pernas cortadas) foi preso com uma fita dupla face. Os resistores e os LEDs foram presos com uma pistolinha de cola quente. A ponta é uma das pernas cortadas do LED e também foi presa com cola.

As ligações foram feitas com fio de wire-wrap. Uma dificuldade é que ao demorar muito para fazer uma solda a cola amolece.

Soldados os circuitos, é hora de encaixar na parte de cima da caneta e interligar as duas partes. Os dois fios à esquerda estão ligados às garras "jacaré" que alimentarão o circuito.

Em seguida é hora de soldar o fio que vem da ponta e delicadamente fechar a caneta.

O resultado final ficou até simpático:

Que tal foi o resultado? Satisfatório. Alguns detalhes para quem for reproduzir o projeto:
  • Como os LEDs verde e vermelho tem características diferentes, as luminosidades não ficaram iguais. Talvez tivesse sido melhor conectar um resistor a cada LED ao invés de colocar os dois LEDs em paralelo e ligados ao resto do circuito por um único LED.
  • O posicionamento dos LEDs ficou ruim, dificultando a visibilidade.
  • O circuito é bem sensível, por exemplo acende se você encostar o dedo ou conectar um fio comprido (que vai funcionar como antena). Portanto nem sempre um LED aceso indica que o ponto está conectado corretamente ou apresenta um sinal lógico válido.

2 comentários:

Gordo disse...

eu estava testando a sua ponta de prova, e cheguei a conclusão q seria melhor, se quando o bit zero ligasse o leds verde e quando bit 1 ligasse o led vermelho. Eu montei o seu projeto no programa EWB e fiz algumas modificações, q fez acontecer isso q eu avia dito.

Daniel Quadros disse...

A relação entre as cores dos LEDs e o estado lógico pode ser mudada invertendo as conexões nos pinos 1 e 7.