terça-feira, outubro 21, 2008

Cuidado com o que você escreve nos seus fontes

Não é de todo incomum escrevermos besteiras nos comentários dos nossos programas. Diversas vezes escrevi coisas que me pareciam 'espirituosas' no ardor da programação que meses mais tarde me deixaram com o rosto vermelho.

Já tendo visto muita coisa em comentários, o 'causo' de hoje no The Daily WTF não me chamou muita atenção. Entretanto, nos comentários do artigo tinha menção a algo realmente escabroso: o Debian Bug #477454.

Um colaborador do pacote quodlibet (Sebastian Dröge) cometeu um erro e introduziu um bug no pacote. Como 'castigo' o colaborador que corrigiu o bug colocou uma 'sugestão' pouco elogiosa (para dizer o mínimo) no meio do código. Então Sebastian registrou o bug #477454, pedindo (educadamente) que o insulto fosse retirado.

O que parecia ser apenas uma pequena brincadeira ganhou ares surrealistas quando os colaboradores ficaram discutindo (ao longo de 3 meses!) se era correto o bug ter sido marcado como 'sério' e se justificava o trabalho de liberar uma nova versão (o que acabou sendo feito com uma certa dose de má vontade).

Pelo menos do meu ponto de vista a seriedade e profissionalismo dos colaboradores do Debian ficou (ligeiramente) comprometida.

Para os desenvolvedores que estão lendo esta história fica a lembrança: cuidado com o que você escreve nos seus fontes. Mesmo que o seu software não tenha o código aberto, algum dia alguém pode vir a passar os olhos nele e julgar a sua competência e profissionalismo pelo que encontrar.

2 comentários:

techberto disse...

Pois é... acompanhei de perto esta discussão, confesso que até um pouco triste pois além de fã do Vista para Notebooks e do auto-salvamento dele também sou fã de carteirinha do Debian e a história do Bug #4777454 foi algo muito triste ao meu ver. Pior do que isto só um aptitude dist-upgrade. E considerando que até o software update do MacOSX também causa desastres, estas experiências faz você admirar a beleza do Windows Update.

Jefferson disse...

A discussão entre os desenvolvedores é quase inacreditável. Eu não aceitaria aquilo nem por um minuto após ficar sabendo da existência.