domingo, setembro 14, 2008

Engenheiro Eletrônico Philips

Continuando as minhas recordações de brinquedos educativos que não se encontram mais, apresento o Engenheiro Eletrônico Philips.

Considerando que eu acabei me formando como Engenheiro Eletrônico, pode-se dizer que foi um brinquedo bastante influente para mim.

O Engenheiro Eletrônico Philips era um kit que permitia montar 22 "fascinantes" circuitos, entre os quais:
  • Receptor de rádio (com 1, 2 ou 3 transistores)
  • Orgão eletrônico
  • Aparelho de telegrafia "Morse"
  • Alarme eletrônico
  • Intercomunicador (o favorito da família)
  • Detector de luz
  • Detector de ruído
  • Iluminação automática
O manual (à esquerda na imagem) continha a aplicação dos circuitos, um resumo de teoria e uma descrição do funcionamento dos circuitos. Detalhe: o manual (em português) era impresso na Holanda.

A montagem (vide a parte direita da imagem) utilizava grampos com molas para dispensar a soldagem e permitir a desmontagem e montagem inúmeras vezes (se bem que não era fácil prender mais de dois fios em um grampo e era comum dar mau contato).

Aqui no Brasil este tipo de brinquedo parece não mais existir. Nos EUA ainda existem vários modelos:





22 comentários:

carminha disse...

Adorava o EE! Foi um dos presentes que mais gostei na minha vida. Valeu pelo post... é difícil achar algo sobre o EE na rede. Abraço :)

Luh_ disse...

Olá, m,Meu nome é Gauthier e estou usando o blg de minha filha.

Fiquei muito feliz em rever a foto do saudoso kit do Engenheiro Eletrônico, com o qual brinquei muito há 40 anos passados.

Também me tornei Engenheiro Eletricista e Eletrônico e o mesmo contribuiu definitivamente para ter escolheido minha profissão aos 8 anos de idade.

Hoje esta galera é apenas um bando de players, pois não criam muita coisa. Limitam-se a operar programas que um nerd criou (jogos) ou a executar um arquivo, também elaborado por outros (ouvindo músicas).

Por isto os jovens engenheiros estão tão viciados em usar simuladores e não se esforçam para desenvolver as coisas.

A egenharia, em sua essência, como arte de transformar a física e a matemática em coisas utilizáveis, criar coisas úteis, se transformará cada vez mais numa arte oculta, para poucos iniciados neste brasilzão do funk, happ e outras merdas ... ou muitos chineses e coreanos !

Anônimo disse...

Virei engenheiro graças ao EE que ganhei, quando morava em Porangatú no norte de Goiás de meu pai que era funcionário do Banco do Brasil e mudava muito de cidade. Isso foi em 1969 e virou minha vida de ponta cabeça. Imaginem só as muitas madrugadas varadas para inventar ou "melhorar" alguma coisinha aqui e ali...

Claudio disse...

Realmente, O brinquedo Engenheiro Eletronico era na verdade um ótimo curso teórico e pratico em eletronica analogica.
Com somente dois transistores de germânio (af116 e ac126), permitia a confecção de 20 tipos de aparelhos com aplicações sofisticada para a época (anos 60 e 70).
Graças a ele eu ganhei onhecimento prático e teórico que permitiu
tornar-me um auto-didata na área, e ser aprovado sem qualquer curso anterior, na seleção para admissão na Siemens e Philips.
Devo muito a esse "BRINQUEDO"

Anônimo disse...

Não preciso dizer mais nada, sou também uma das pessoas influenciadas pelo "Brinquedo". Atualmente sou engenheiro eletricista e graças ao meu falecido Pai que, com muito sacrifício, pois era um brinquedo caro, me deu de presente e influenciou na minha formação e na minha vida profissional. Pena, mas muita pena que a Philips não acompanhou a evolução tecnológica. Poderiamos ter os primeiros circuitos integrados, amplificadores operacionais, chips e até chegar na época atual com processadores, cameras e etc.

Jeronimo disse...

Caramba , Eu tive um kit desses. Um amigo tinha ganho um de aniversário e eu enchi o saco da familia para ganhar tambem no Natal. Recebi em dezembro e devo ter passado uns 6 meses fazendo, refazendo e modificando as experiencias sem sair de casa. Foi a maior influencia para trabalhar na area de TI. Esse kit despertou a atenção para os computadores e a vontade de construir um, que acabou acontecendo em 1979 quando montei uma super-aranha em volta de um 8080.

carlos norberto disse...

meu amigo riquinho tinha um e era egosita, mas na hora do recreiro do ginasio ele me deixava copiar os lay-out´s dos circuitos, e com o dinheiro contado do onibus para a volta sa escola passava em uma loja de componentes e gastava toda aquela miseia em alguns resistores, para montar o radio de 3 transistores, até que um dia consegui comprar o variavel e o auto falante, e o bicho falou por um bom tempo. pena que os jovens de hoje tem toda as informações e não dão valor em aprender.

Antonio disse...

Uma versão PDF do manual do Engenheiro Eletrônico da Philips pode ser encontrada no endereço http://ee.old.no/library/EE20-br.pdf... 1970, bons tempos, achei que nunca mais ia ver esse texto excelente. Um "brinquedo" que não só divertia como transformava em gente grande sem sentir...

Antonio disse...

1970, bons tempos: haviam "brinquedos" que transformavam crianças em gente grande com muita diversão, como era o caso do EE... matem a saudade com esta versão PDF do manual do Engenheiro Eletrônico: http://ee.old.no/library/EE20-br.pdf

Antonio disse...

1970, bons tempos: haviam "brinquedos" que transformavam crianças em gente grande com muita diversão, como era o caso do EE... matem a saudade com esta versão PDF do manual do Engenheiro Eletrônico: http://ee.old.no/library/EE20-br.pdf

paulo cramer disse...

Já baixei o manual da Phillips EE agora estou procurando os esquemas para a montagem - Agradeço qualquer dica e parabenizo a todos que tiveram o privilégio de aprender com esse brinquedo fantástico - Obrigado Antônio pela dica do manual - Valeu !!!

chwdy disse...

ganhei o jogo com 12 anos, fiquei encantada, tenho completo , mas os transistors deixaram de funcionar e ninguem que mostrei conseguiu identificar e susbtitui-los. queria mostrar ao meu sobrinho os primórdios da eletrônica, que não é uma tomada na parede. alguem pode me dar uma dica?
Paulo, em maio ou junho escaneio todos os esquemas e lhe mando. abraços

Reynaldo milani disse...

pessoal, eu também ganhei esse kit, e agora gostaria de restaurá-lo e estou procurando quem queira vender por um preço justo. Com relação aos componentes, por exemplo os transistores, AC 126, eu utilizei os alternativo AC 127 ou AC 188, se não me engano e funcionaram. Acredito que hoje, só serão encontrados esses componentes nas lojas da rua Sta. Efigênia em São Paulo. dia desses vou lá para conferir.

Zuretta disse...

Entao....um dos brinquedos mais fantasticos que tive...junto com o macbras..kk
muito legal..abracos
Joao Blauth

Leão disse...

Pessoal, também ganhei um kit desses e me tornei engenheiro eletrônico. Agora, minha filha está seguindo os passos do pai e também fazendo engenharia, comprei um kit de arduíno pra ela e para lembrar o passado e mostrar a ela como eu comecei, achei esse blog. Fico feliz em ver que tantos tiveram a mesma felicidade que eu. Um abraço a todos.

MARINHO'S disse...

Não poderia deixar passar em branco esta maravilhosa oportunidade. Não vou ser repetitivo, pois todos já falaram tudo que gostaria de dizer. Será que alguém pensou em reproduzir este kit? Será que pode ser uma oportunidade para reunir um grupo de senhores para voltar ao tempo? Gostaria muito de crer que alguém vai reunir um grupo e poderemos remontar este maravilhoso brinquedo. Segundo a OMS a depressão vai ser a doença das próximas décadas e manter a mente ocupada é um forte remédio. marinhocorrea00@gmail.com

Marcelo disse...

Quando era criança fiquei louco por esse brinquedo, mas não tive a oportunidade de ganhar. Fico indignado como hoje só existe brinquedo tosco, nada que seja instrutivo quanto foi esse brinquedo, para quem quer te-lo de volta achei no mercado livre: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-726627958-esquemas-do-engenheiro-eletrnico-da-philips-_JM#redirectedFromParent

Como hoje seria o kit arduino segundo o comentario acima.

Marco Aurelio disse...

Prezados li um dia desses uma reportagem sobre o brinquedo Engenheiro Eletrônico, da Philips Holandesa.

Pois bem, veio aa minha memória quando no natal de 1968 (ha praticamente 47 anos!!!) meu pai me deu de presente uma caixa do Engenheiro Eletronico.

Eu tinha acabado de fazer 11 anos, e me lembro como se fosse hoje! Quantas saudades!

Anônimo disse...

Prezados, como colecionador tenho um kit novo, sem uso, caixa intacata, adquirido de um hobbista já falecido que também comprou para colecionar. Gerlamente os capacitores não resistem ao tempo, deixei os originais na caixa como forma de evidenciar a autencidade mas anexei novos como opção caso algum neto venha a se interessar ( os filhos só falam em Arduino, etc.). Geralmente os kits usados em oferta internet já tiveram as cartelas de circuitos destacadas, as peças tiradas de posição e os alto-falantes danificados ou corroidos. Quanto as baterias originais de 4,5 volts eu importei da Europa. Pose se substituída é claro por uma de de 9 volts para deixa de ser original. A turma da era digital tem outros recursos que também compactuo mas eletrônica analógica é que nem carro antigo para quem gosta, a diversão está em procurar peças ou outras raridades relacionadas. Abs.

Marcelo Soares disse...

Tambem tive um kit EE.

Economizei a mesada de quase 2 anos e comprei na antiga Mesbla em belo Horizonte, em 1974.
Na epoca, com 11 anos, ja andava sozinho (hoje, seria impensável isso!!)no centro da cidade e, quando fui pagar no caixa, perguntaram-me onde estava minha mae, pois custava 74,00 (dinheiros. Lembro do valor, pois isso ficou marcado. Acredito que devia ser muito. Não sei mais qual era a moeda da epoca).
O brinquedo definiu minha adolescencia. Passava horas por conta dos circuitos. Depois me direcionou para a engenharia elétrica, no tempo de faculdade. Mudei de curso, pouco antes de formar, mas ainda tenho eletronica como hobby e sempre arrisco a reparar os aparelhos de casa.


Eduardo disse...

Quem diria que hoje ainda iria ouvir falar sobre o "Engenheiro Eletronico"!
Lembro quando minha tia chegou com esse presente, na decada de setenta. Foi aí que começou meu vicio por eletronica. Acho que foi um dos "brinquedos" que mais gostei. Brinquedo entre parenteses porque para mim não era só um brinquedo mas uma porta aberta a\para um mundo novo, de descobertas e experiencias.
É uma pena que perdi quase tudo e só me restou o manual.
Hoje, um dos meus hobbys é um computador vintage dos anos 90. Vou tomar cuidado para não me desfazer dele.

que bom lembrar dos tempos do Engenheiro Eletronico Philips!!!

Capt Dau - PY1KZ disse...

Prezados, Eu também tive a oportunidade de ganhar este maravilhoso brinquedo educativo. Acabei trilhando o caminho na Aviação, além de tornar-me Radioamador, atividade que mantenho até hoje. Descobri um produto muito parecido com este antigo brinquedo. É possível encontrá-lo no seguinte site: http://kitdeeletronica.com.br/kiteletronica/

Abraços,
Miguel Dau - PY1KZ