terça-feira, março 31, 2009

Renovando Carta de Motorista em Osasco

Renovei recentemente a minha carteira de motorista e compartilho abaixo algumas dicas. Embora eu tenha renovado em Osasco, é provável que os procedimentos sejam semelhantes em outras cidades "pequenas". É bom lembrar que as regras podem ter mudado desde que eu fiz a renovação.

Osasco x São Paulo

A minha carteira tinha sido emitida em São Paulo. A tendência natural das pessoas é renovar na mesma cidade da emissão, mesmo que tenha mudado de residência (lembrando, é uma infração gravíssima fazer falsa declaração de domicílio para fins de registro, licenciamento ou habilitação - artigo 242 do Código Brasileiro de Trânsito).

Em uma cidade do porte de São Paulo, é bastante provável que você acabe se valendo de um despachante. Já em uma cidade menor, como Osasco, é plenamente viável você ir pessoalmente ao órgão de trânsito (Ciretran). E a taxa de transferência é muito inferior aos honorários do despachante.

O Procedimento

Existe uma certa flexibilidade na ordem de fazer as coisas. A ordem abaixo é a que segui. Infelizmente os horários não são muito "work-friendly", se prepare para negociar como o seu chefe uma flexibilizada de horários. Algumas tarefas burocráticas podem ser feitas por um parente, mas as regras para isto não são muito claras.

Você pode dirigir com a carteira vencida por até trinta dias. A informação que eu obtive é que você só pode iniciar o procedimento de renovação quinze dias antes da carta vencer, mas não senti muita firmeza sobre isto.

O Ciretran de Osasco realiza a prova de renovação uma vez por semana e ela é bastante concorrida. No meu caso, só consegui marcar a prova para a semana seguinte. A marcação da prova é feita preenchendo à mão um requerimento simples, é preciso apresentar a carteira de motorista que está vencendo e o RG.

Enquanto isto, tire uma foto 3x4 (só precisa de uma, mas o fotógrafo provavelmente não vai vender menos que quatro). Espero que você tenha sorte e consiga tirar uma boa foto.

Com a foto, RG, habilitação e um comprovante de residência (por enquanto os originais) vá fazer o exame médico. Existem uns poucos 'estabelecimentos' credenciados. O exame custou R$53,00 (tabelado) e não fugiu muito da expectativa deste tipo de exame obrigatório. O mais importante é que lá vão preencher o formulário oficial (RENACH). Confira atentamente o que está escrito. O médico tinha um horário de trabalho meio esquisito, uma ligação antes pode economizar uma visita à toa ou uma espera prolongada.

Agora é hora de estudar para a prova. O material você encontra no site do Denatran (http://www.denatran.gov.br/publicacoes/publicacao.asp):
  • Código de Trânsito Brasileiro - a parte mais importante é o capítulo XV (Das Infrações). Espere várias perguntas sobre o tipo de infração e a penalidade para diversos tipos de situações.
  • Noções de Primeiros Socorros no Trânsito
  • Direção Defensiva (este material parece ter sumido do site, mas você encontra procurando no Google)
No carro da minha irmã veio um livreto impresso com o conteúdo dos dois últimos documentos acima.

Na prova não caem perguntas sobre placas e sinalização (mas é bom você saber isto!).

O horário da prova era às 10:00 (10:00 am segundo o requerimento), com a recomendação de chegar 15 minutos antes. Se prepare para uma demora na entrada na sala (supondo que esteja cheia como a minha). As instruções falam para levar caneta e documento com foto legível (sic); embora eles não mencionem, leve a carteira de habilitação pois você precisa preencher o seu número de registro. A duração é uma hora, mas você deve precisar de muito menos que isto.

A prova tem 30 questões de múltipla alternativa, você precisa acertar pelo menos 21 (70%). Não considerei nenhuma delas como "pegadinha", mas tinha algumas com redação confusa e várias com lógica negada (marque a opção que não ...). O mais chato é que a prova tem o formato de uma folha dobrada e você precisa colocar as respostas na capa. Muita atenção ao copiar as respostas da parte de dentro para a capa, pois não são permitidas rasuras.

Os procedimentos tradicionais de prova se aplicam. Algumas sugestões:
  • Leia com muita atenção a pergunta e todas as opções (mesmo que você esteja certo que a resposta correta é uma das primeiras).
  • Em uma primeira passada, resolva somente as que você tiver certeza.
  • Dê uma respirada e conte quantas você já respondeu. Provavelmente você vai estar com 20 ou mais, o que dará a tranquilidade para enfrentar as questões mais difíceis.
  • Veja se o texto de alguma pergunta dá uma dica para a resposta de outra. É improvável, mas acontece.
  • Elimine as respostas que você tem certeza que estão erradas.
  • Se não tiver outra opção, chute. Não há distinção entre questões em branco e questões erradas.
O resultado sai na semana seguinte. Enquanto espera o resultado, pague a taxa. Apenas alguns poucos bancos aceitam o pagamento. Não tem uma guia para pagar, o caixa precisa conhecer o procedimento.

No dia de ver o resultado, leve xerox (não autenticado) do RG, CPF, CNH, comprovante de endereço e exame médico, mais o original do exame médico e o comprovante de pagamento da taxa. Se você passou, é só entregar tudo que a carteira deve sair no dia seguinte. A não ser que você seja mais uma vítima da...

Maldição da Carteira de Motorista

Há vários anos atrás, quando eu fui renovar a carteira estava entrando em vigor a carteira com foto. Eu tirei e entreguei a foto, mas estavam com "dificuldades técnicas". Após mais de um mês de espera o Detran entregou os pontos e me entregou uma carteira sem foto.

Na renovação seguinte estava em falta o papel especial.

Desta fez, foi uma atualização de sistema que paralisou a produção de carteiras. Resultado: três semanas de espera ao invés de um dia.


No geral acabei até me divertindo com a coisa. É preciso um pouco de paciência e um senso de humor meio doentio, mas foi muito menos traumático que se poderia imaginar.

31/12/09: correção de erros de digitação

5 comentários:

Anônimo disse...

Nossa Daniel, vc explicou tudo que precisava saber, nem costumo responder coisas na Internet, mas ajudou tanto que abri uma exceção rsrs., muito obrigada.

Ivete

sou mais eu disse...

legal daniel o brasil prescisa de mais pessoas como vc adorei sua explicação ,um grande abraço e obrigado.caso queira um novo amigo meu e-mail e adelinoaparecidoevangelista@gmail.com,e um grande abraço.

Rodrigo disse...

Ola Daniel.

Gostaria de saber se voce tem o telefone da clinica onde se realiza o exame médico.
meu email é rodrigo_fabiam@yahoo.com.br

tatiane de oliveira duarte disse...

Oi Daniel muito obrigada estava com duvidas e vc me ajudou a esclarecer,duvidas as quais eu já havia perguntado no detram e eles só me confudiram ainda mais!!! obrigada beijos boa sorte!

Anônimo disse...

Não foi o carro da sua irmã que veio com o livreto, foi o carro do seu cunhado ...


Abraço,


Sergio
(Não posso vender a minha casa em Osasco pois comunicar falso endereço é crime...)