quarta-feira, setembro 12, 2007

Lista: Onze Utilitários "Free"

Segue um levantamento (incompleto) dos utilitários "free" que utilizo no meu dia-a-dia (no Windows). Alguns são "free as in free beer" (grátis) e outros são "free as in free speach" (livres). Alguns são manjados outros talvez não tanto. É provável que existam alternativas melhores, vários deles foram adotados mais por acaso do que por uma comparação sistemática. O único critério relevante é que podem ser usados gratuitamente.
  • Mozilla Firefox: adotei quando a Microsoft tinha perdido o interesse no IE e os hackers do mal faziam a festa. Continua sendo meu navegador principal, embora ache que o IE7 tenha algumas vantagens (como na parte de impressão e uma nova aba sempre a um único click de distância). Nos add-ons uso o DownThemAll! (impressionante como o download default do Firefox e do IE são limitados) e o Html Validator (por enquanto mais como curiosidade, já que praticamente não desenvolvo para Web). Livre.
  • NSIS: fazer um instalador só perde para escrever o manual na lista de tarefas ingratas do desenvolvedor típico. O NSIS é um gerador de instaladores muito esperto. Na sua forma bruta é mais voltado para quem gosta de escrever scripts que para a turma do "arrasta e clica" (ou pior ainda, "next, next, finish"). Está na lista uma série de posts sobre ele. Livre.
  • Sonique: já não lembro mais porque comecei a usar este media player, mas ele está sempre lá na área de notificação (vulgo "system tray"). Eu cheguei até a fazer um plugin de visualização (inútil pois sempre deixo ele minimizado). De qualquer forma, um media player é uma ferramente indispensável para a maioria dos programadores, garantindo uma barreira sonora contra as interrupções externas. Grátis e abandonado.
  • ToDoList: o maior gerador de tráfego no feed do CodeProject, com versões novas a todo instante. Eu só criei coragem para testar após a propaganda do Caloni. Ainda estou me acostumando, minha tradição era fazer a lista em papel para ter o gostinho de riscar as tarefas concluídas. Livre.
  • WinMerge: outra ferramenta básica do desenvolvedor é um comparador de arquivos. Livre.
  • Frhed: todo programador baixo nível gosta de editar arquivos binário e este é um muito bom. Livre.
  • BareTail: uma das coisas mais úteis para depuração no *nix é p "tail -f". Para quem não conhece, o tail é um utilitário que mostra as últimas linhas de um arquivo. A opção -f faz com que sejam mostradas as últimas linhas à medida em que elas são acrescentadas no final. Perfeito para ver log de coisas ocorrendo em "tempo real". O BareTail é excelente, exceto pelo splash screen na versão grátis. Está na lista tentar fazer um utilitário destes. Grátis.
  • SciTE: a ferramenta mais básica de todas: um editor de programas. A internet está cheia de opções e este realmente foi escolhido ao acaso. E depois que você acostuma com um editor, resiste a mudar. Livre.
  • DOSBox: embora mais voltado para jogos antigos, uso também este emulador de DOS para rodar um compilador arcáico que se não gosta do XP. Livre.
  • Doxygen: o lugar da documentação do código fonte é no fonte! A partir de comentários formatados de forma não muito especial, o Doxygen gera a documentação em formato HTML, CHM e PDF. Livre.
  • PDF995: um driver de impressora que gera arquivos PDF. Os anúncios da versão grátis são chatos, mas acho a qualidade do PDF melhor que a gerada pelo OpenOffice (que não coloquei na lista pois uso raramente)
Sintam-se à vontade para explicar nos comentários como este programas são muito piores que outros que eu nem conheço!

Um comentário:

Luciano disse...

Cara já usei o PDF995, mas agora eu recomendo o PDF Creator.

Que já está na frente só por ser livre.

http://sourceforge.net/projects/pdfcreator/