terça-feira, novembro 30, 2010

A Vida do Desenvolvedor Windows CE Continua Dura

Retomando o assunto de um post anterior, a situação do desenvolvemos para Windows CE continua complicada.

No ponto que eu tinha parado, no Visual Studio 2005 SP1, as coisas pareciam estar melhorando. Com o VS2005 Standard, você tinha duas opções para desenvolver para o CE: código nativo em C/C++ ou código gerenciado com o Compact .Net Framework, programando em C# ou VB.Net.

No Visual Studio 2008, uma pequena alteração: o desenvolvimento para "Smart Devices" deixou de ser suportado na versão Standard, era preciso comprar a versão Profe$$ional.

Com a ascensão do iPhone e Android, a participação no mercado dos smartphones baseados no CE vem despencando. A reação da Microsoft foi criar algo "diferente", o Windows Phone. E com isto está deixando órfãos os desenvolvedores para o Windows CE: o Visual Studio 2010 não suporta o desenvolvimento para os "Smart Devices", tanto nativo como gerenciado.

Por aqui a maioria das aplicações estão em C e estamos prevendo uma vida longa para o VS2008. Provavelmente não vamos fazer mais experiências com o Compact Framework que, apesar de negativas de pessoas isoladas da Microsoft, claramente está andando de bicicleta no telhado.

Um lembrete para a Microsoft: no mercado de coletores de dados, onde Windows CE tem sido o padrão desde a virado do milênio, a líder é uma divisão da Motorola. E a Motorola parece já ter adotado uma alternativa ao CE na divisão de celulares. E eu já estou estudando Java...

Nenhum comentário: