terça-feira, abril 20, 2010

CI 555 - Parte 5: Gerando um Sinal PWM com um Único 555

Nos dois posts anteriores (aqui e aqui) utilizamos dois 555 para gerar um sinal PWM para controlar um servomotor. Pesquisando um pouco mais, achei aqui um circuito com apenas um 555 onde pode ser variado o tempo de sinal alto sem afetar o período. É um bom exemplo da versatilidade do 555 nas mãos de um projetista criativo.


Neste circuito o pino de saída é usado para carregar e descarregar o capacitor de temporização. Isto é possível porque ele tem a capacidade de ser tanto um fonte como destino de corrente.

Os dois diodos fazem com que o lado de cima da resistência seja usado para descarga do capacitor e o lado de baixo para a carga. O período é a soma destes dois tempos e portanto depende da soma das resistências, que é constante. O potenciômetro altera somente o duty cycle, de 0 a 100%.

O período do sinal da saída é determinado por R*C/1,44. Como de costume, podemos usar as unidades segundo, ohms e faradays ou milisegundo, kiloohms e microfaradays. A mesma fórmula se aplica para os tempos de sinal alto e baixo, considerando somente um lado do potenciômetro de cada vez.

17 comentários:

Nilson Chuc@®®o disse...

Olá amigo, este é mais uma pergunta do que comentário hehe, teria como vc me passar em detalhes cada um desses componentes, gostaria de ligar 2 servomotores para servir como tração em meu primeiro projeto de robotica, mas não tenho muito conhecimento. obrigado

Daniel Quadros disse...

Nilson,

Um servomotor não é muito apropriado para isto, pois normalmente não dá voltas completas. O melhor é usar um motor DC (ou um stepper motor) e você controlá-lo diretamente.

[Daniel] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

Esse VCC pode ser 12V?

Daniel Quadros disse...

Sim, o 555 costuma operar bem com até 15 ou 16V (para um valor mais preciso veja o datasheet específico do modelo e fabricante que você estiver usando).

Leonardo Bruno disse...

Amigo, qual é o valor do potenciômetro à ser utilizado? E o capacitor? E eu poderia utilizar um servo motor nesse circuito, ajustando o seu ângulo com o potenciômetro? (Já que a minha intenção é utilizar o circuito para ajuste de ângulos de servomotores)

Daniel Quadros disse...

Sim, você pode usar este circuito para controlar um servomotor. Os valores são determinados pela fórmula tempo = R*C/1,44. Vamos supor um capacitor de 1uF. Os servos normalmente trabalham com um período de 20ms, o que corresponde a uma resistência total de 29K. O tempo alto precisa variar entre 0,8 a 2,4 ms, o que corresponde a uma resistência de 1,2 a 3,5K. Arredondando, você poderia usar um potenciômetro de 2,2K com um resistor de 1,2K de um lado e um de 27K do outro.

Sozinho a noite disse...

Como Calcular? Sou leigo no assunto e não sei vem como fazer, não sabendo o que significa o R ou o C na formula eu ainda como saber a resistência equivalente ao tempo. Agradeço a Atenção

Daniel Quadros disse...

R e C são os valores do resistor e capacitor do circuito, veja o exemplo de cálculo na resposta anterior,

Max Matt disse...

Olá Daniel!
Vc teria algo para me ajudar
em projetos com Ci 555 Biestável?
Desde já Obg!

Daniel Quadros disse...

Max, acabei não falando sobre o uso do 555 no modo biestável mas não tem segredo, a Wikipedia dá o caminho das pedras: http://en.wikipedia.org/wiki/555_timer_IC#Bistable

Max Matt disse...

Obrigado Daniel!

Anônimo disse...

algm poderia me ajudar... é para um trabalho da escola técnica, a professora pediu ckt com 555 que faça uma pwm e disse q nenhuma dupla poderia repetir os resistores, ela disse que eu teria que calcular os outros 2 resistores a partir do primeiro q seria o valor q eu desejasse... ja sei o ckt, mas como calculo os outros 2 resistores?

Anônimo disse...

ola estou tentando fazer uma caneta indutiva por acaso tens algum esquema que eu possa fazer uma

Anônimo disse...

Olá, Estou fazendo um projeto que precisará de um PWM, achei muito interessante seu post, mas nao sei como calcular o resistor e o capacitor deste circuito, para obter a largura de pulso Desejada. vc poderia me ajudar? Obrigado!

Maurilio-gm C. Coura disse...

Ola. Há um ero grosseiro lá na imagem do circuito: A saída é no pino 3 e não no 7.

Daniel Quadros disse...

Murilio: Este circuito usa o 555 de uma forma não usual. O pino Output(3) que normalmente é usado como saída neste caso é usado para carregar e descarregar o capacitor. A forma de onda desejada é obtida no pino Discharge (7). O pino Discharge é também uma saída, do tipo "open-colector", que normalmente é usada para descarregar o capacitor. Quando o pino 3 está em nível alto, o pino 7 é conectado a terra por um transistor dentro do 555. Quando o pino 3 está em nível baixo, o pino 7 fica desconectado (o resistor de 10K no circuito o coloca em nível alto).